Pular para o conteúdo principal

Um guia de como a TI pode contribuir para melhorar as tomadas de decisões nas organizações - Parte 3

Como pode a TI ajudar a sua empresa a tomar decisões melhores e mais rápidas?

As condições do mercado e as necessidades do cliente estão se alterando, e o seu pessoal está na melhor posição para reagir em conformidade. A sua organização necessita de uma visibilidade exata e viável de 360 graus da empresa.

A visibilidade em tempo real fornece os meios para verificar e justificar os resultados, permitindo também que a sua empresa se certifique de estar utilizando as informações certas no momento certo para tomar melhores e mais rápidas decisões. Com o pessoal e a infra-estrutura de TI corretos, as empresas podem responder com rapidez e eficácia às modificações no mercado.

Se você deseja ajudar a sua empresa a criar uma visibilidade exata e viável de 360 graus da sua organização, permitindo tomar decisões melhores e mais rápidas, pode impulsionar o processo seguindo três etapas.

Etapa 1 – Avalie o seu ambiente empresarial e a sua infra-estrutura de TI atuais

Os gerentes devem analisar o estado das suas atividades empresariais e da infra-estrutura de TI. Os seus gerentes precisam entender a situação da organização, onde deseja chegar e quais os sistemas de TI necessários para alcançar esses objetivos. Os gerentes também necessitam acessar a informações em tempo real para garantir que as atividades departamentais estão alinhadas com os objetivos empresariais. Os gerentes devem analisar a TI para

ajudar a empresa a :

􀀵 extrair as informações empresariais relevantes para fornecer uma visão geral e clara da situação atual da empresa

􀀵 fornecer as ferramentas necessárias de funções analíticas e reporting para efetuar uma análise de gap para determinar o que a empresa está fazendo e o que ela necessita fazer e

􀀵 criar um framework para elaborar um plano e uma avaliação do desempenho, incluindo os resultados, medidas e padrões desejados.

Etapa 2 – Estabeleça um conjunto comum de métricas em toda a empresa

O uso de métricas, acordos e padrões diferentes pode comprometer a capacidade da empresa de comunicar eficazmente e cumprir os requisitos de conformidade. Mais importante ainda, isto pode dificultar a capacidade dos gerentes para obter informações críticas para criar uma visão unificada. Os gerentes devem analisar a TI para ajudar a empresa a:

􀀵 obter a aceitação das principais partes interessadas, internas e externas, sobre o que deve ser avaliado e como a avaliação deve ser efetuada

􀀵 desenvolver indicadores-chave de desempenho (KPIs) em toda a sua empresa, capazes de ajudar os gerentes a tomar decisões empresariais fundamentadas; e

􀀵 usar ferramentas de funções analíticas e de reporting para fornecer um acesso rápido a informações corretas, ajustadas às necessidades das partes interessadas apropriadas.

Etapa 3 – Execute o plano

Os gerentes precisam determinar as ações necessárias e, em seguida, atribuir os recursos certos às atividades corretas. Para alcançar os objetivos empresariais, os gerentes precisam de perspectivas internas das suas melhores oportunidades e dos seus recursos mais eficazes, bem como saber se estão sendo utilizados corretamente. Neste caso, a TI funciona como o motor para analisar e identificar todas as oportunidades e atividades empresariais, fornecendo aos gerentes uma visibilidade geral para alocar os recursos da forma mais eficaz. A TI deve ajudar a empresa especificamente a:

􀀵 obter e organizar todas as informações empresariais relevantes para poder acessá-las de forma mais rápida e mais fácil quando for necessário

􀀵 desvendar as principais informações empresariais para que os gerentes possam tomar decisões fundamentadas sobre a alocação e a utilização eficaz dos recursos e investimentos; e

􀀵 criar um ambiente colaborativo para monitorar, gerenciar e analisar o progresso de acordo com os objetivos empresariais.

Resultado

As empresas movimentam-se em um mundo competitivo que é cada vez mais agressivo. As informações podem ser uma das mais poderosas ferramentas disponíveis ou ainda empurrar a sua empresa para baixo. As empresas que conseguirem alinhar eficazmente a TI com os seus objetivos empresariais estarão à frente da concorrência por terem acesso às informações certas no momento adequado, permitindo tomar melhores e mais rápidas decisões.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(A) Data Science in Practice with Python

The top trending in Twitter or other social network is the term “data science”. But ...
What’s the data science? How do real companies use data science to make products, services and operations better? How does it work? What does the data science lifecycle look like?  This is the buzzword at the moment. A lot of people ask me about it. Are many questions. I’ll try answer all of these questions through of some samples.

Sample 1 - Regression

WHAT IS A REGRESSION? This is the better definition what I found [Source: Wikipedia] - Regression analysis is widely used for prediction and forecasting, where its use has substantial overlap with the field of machine learning.
HOW DOES IT WORK? Regression analysis is also used to understand which among the independent variables are related to the dependent variable, and to explore the forms of these relationships. In restricted circumstances, regression analysis can be used to infer causal relationships between the independent and dependent variable…

(A) Tucson Best Buy Analysis

“Data! Data! Data!” he cried impatiently.  “I can’t make bricks without clay.” —Arthur Conan Doyle
The Ascendance of Data

We live in a world that’s drowning in data. Websites track every user’s every click. Your smartphone is building up a record of your location and speed every second of every day. “Quantified selfers” wear pedometers-on-steroids that are ever recording their heart rates, movement habits, diet, and sleep patterns. Smart cars collect driving habits, smart homes collect living habits, and smart marketers collect purchasing habits. The Internet itself represents a huge graph of knowledge that contains (among other things) an enormous cross-referenced encyclopedia; domain-specific databases about movies, music, sports results, pinball machines, memes, and cocktails; and too many government statistics (some of them nearly true!) from too many governments to wrap your head around.
Buried in these data are answers to countless questions that no one’s ever thought to ask. In…

(T) Como indexar uma tabela Fato - (Best Practice)

A base de qualquer projeto de bi é ter um bom dw/data mart. Podemos falar em modelagem star-schema durante dias, sem falar nas variações do snowflake, mas o objetivo principal deste artigo é apontar algumas negligências que tenho percebido no tratamento da tabela fato. Tabela esta que é o principal pilar da casa que reside um modelo star-schema.

Ouço muitas vezes os clientes reclamando do desempenho das consultas enviadas contra o seu dw/data mart, ou do tempo de resposta das análises solicitadas ao bi. Isto é realmente inaceitável, não só numa perspectiva de implantação do projeto, mas também de desempenho da entrega das informações.

Como eu mencionei anteriormente o meu objetivo neste artigo, é alertar sobre a importância da indexação da tabela fato: o que deveria ser, porque é necessário, porque chaves compostas são boas e más, e porque você deveria se preocupar com isso.

Então, vejamos:

|a| Indexação padrão (default):
De forma rápida, todas as colunas de chave estrangeira (FK) devem …